Aprender a escutar! - Carlos Veiga JR.
350
post-template-default,single,single-post,postid-350,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,columns-4,qode-theme-ver-13.9,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive
escutar

Aprender a escutar!

Todos nós achamos que dominamos o sentido da audição, apenas porque sabemos escutar. Mas, será que, realmente, sabemos? Existem três regras básicas que você precisa aplicar, diariamente, na sua vida para aprender a escutar.

Vamos ver quais são?

1ª regra: não acredite em mim, aprenda a escutar

Não acredite em mim porque o que digo é só uma versão, ou melhor, é a minha interpretação dos fatos, uma percepção individual e distorcida da realidade. Não passa de um ponto de vista, porém, se escutar, entenderá o que tento dizer.

Quando escutamos de verdade, surge a atenção.

2ª regra: não acredite em si mesmo

Você sabe que a mente fala sem parar, é um cavalo selvagem sem nenhum destino. Se você não aprender a domá-lo, você será levado para onde ele quiser. Não acredite em si mesmo, porém aprenda a escutar o que está em sua cabeça.

3ª regra: não acredite em ninguém mais

Esta regra também é muito interessante, pela mesma razão. Tudo que dizem é verdade apenas para quem diz e expressa uma experiência pessoal. Se aprendermos a escutar, veremos que todas estas mentiras não se sustentarão, restanto, apenas a verdade.

Acreditemos ou não, o sol estará sempre aí. Não é necessário acreditar na verdade para que ela exista. Porém, para que existam as mentiras, é necessário que se acredite nelas.

Todavia, não se trata de um ato condutual, ou de uma postura social, como duvidar de alguém, pois, isso seria falso. Deve ter um sentido real, saber que tudo é perceptivo, subjetivo e interpretativo, portanto, muito distante da realidade objetiva.

Aprender a escutar é a chave.

Sem Comentários

Postar Comentário